"quando o servidor está pronto o serviço aparece."

Viagem Astral - Ajuda Espiritual

Uma das primeiras coisas que aprendi com as viagens astrais, é que a frase que diz que nunca estamos sós, longe de ser um lugar-comum, é a mais perfeita tradução da realidade.

Se aqui, neste nosso mundinho,temos sempre a nos acompanhar os amigos que conosco se afinizam em pensamentos e interesses, mais ainda no mundo espiritual, onde o pensamento é ação. Mesmo quando estamos aparentemente sós em nossas viagens astrais, temos a nos acompanhar, invisíveis, mentores espirituais que nos protegem e nos guiam. É interessante como o contato com estes seres incorpóreos do astral, é natural quando estamos projetados fora de nossos corpos físicos. Longe de termos medo por entrarmos em contato com espíritos, mais se assemelha ao encontro de velhos amigos que se reúnem para a troca de experiências.

Da mesma forma que quando saímos de casa encontramos com todo tipo de gente, também no plano astral isto acontece. Você vai perceber que em algumas de suas viagens astrais você irá encontrar com pessoas de aspecto desagradável. Camaradas chatos ou mesmo repugnantes. Sabe aqueles mendigos embriagados que colam na gente para pedir um trocado? A coisa é muito parecida. Se isso acontece com você, duas coisas podem estar acontecendo; ou sua energia mental está muito densa e simplesmente você está atraindo estes seres por afinidade vibratória ou você foi colocada naquele lugar para prestar um serviço junto a espíritos enfermos. Se for este o caso, pode ter certeza de que junto a você está um espírito benfeitor que te levou até lá para ajudar aquela alma doente. Determinados sub-planos do astral são tão densos que os espíritos superiores não conseguem neles entrar e para isso, se valem de encarnados, que têm uma vibração mais densa, para trabalharem nestas regiões umbralinas.

E o que você pode fazer numa situação destas? Muito simples. Antes de mais nada, encha-se de amor por todos os seres viventes do Universo, peça força a Deus e aos seus amparadores espirituais para fazer um bom trabalho, dirija-se aos espíritos doentes que encontrar e, da forma mais amorosa possível, transmita jatos de energia vital pelas palmas de suas mãos na direção do sofredor. Você presenciará uma das coisas mais interessantes de se ver no plano astral. Aquele ser incômodo e ameaçador vai se aquietando e, aos poucos, vai entrando num estado semelhante ao sono, algo como um transe. Isto permite que outros amigos do astral possam dele se aproximar e levá-lo para uma das muitas colônias de tratamento que existem no mundo extra-físico.

Por isso, meu amigo, se você quer ter interessantes experiências de viagens astrais, tenha o hábito de orar pedindo orientação e ajuda e, mais do que tudo, peça para ser um instrumento nas mãos da espiritualidade. Pode ter certeza que toda pessoa que se dispõe à trabalhar, humilde e honestamente junto aos seres de luz que cuidam da limpeza energética do planeta Terra, é sempre muito bem-vindo e ajudado em suas primeiras excursões extra-físicas.

Um grande abraço

Copyright© Luiz Zahar

 


Menu de Artigos da Seção Viagem Astral

Viagem Astral: é Perigosa?

A Segunda Vinda

Crepúsculo

Página Principal